Inglaterra

Roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e França

Confira aqui tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias a se fazer na sua viagem por Inglaterra e França! Listamos as melhores dicas, informações, rotas e guias para uma viagem entre esses dois países:

Abadia em Londres

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em sua viagem para Londres e Inglaterra. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem para a Inglaterra.

Vale a pena viajar entre Inglaterra e França?

Sim! Não é à toa que muita gente escolhe fazer essa rota quando planeja as férias. Tanto Inglaterra quanto França são países muito ricos em história, cultura, gastronômia e coisas para fazer. Dúvida? Confira abaixo os principais passeios de cada capital:

Por quais cidades passar na viagem?

Na nossa opinião, uma viagem de 15 dias entre Inglaterra e França não pode deixar de passar pelas seguintes cidades:

  • Londres
  • Cambridge
  • Oxford
  • Paris
  • Chantilly
  • Giverny
  • Versalhes

Sim, sabemos que são muitas cidades e que o tempo é curto, mas é possível fazer esse roteiro, se essa for a sua preferência. É o roteiro mais comprido possível, nessa quantidade de dias, e será um pouco corrido, mas valerá a pena.

Versalhes, França

Como ir da Inglaterra para a França?

É possível ir da Inglaterra para a França de avião, carro, trem ou até ônibus. Mas considerando a quantidade de dias disponíveis, sem dúvidas, a melhor forma é viajar de avião. Assim você não perde muito tempo e não se cansa tanto nas viagens.

Banner-Gabr

É difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar passagens aéreas baratas. A primeira grande dica é acessar algum comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas. Ele poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Viagem de avião na Inglaterra

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse Buscador de passagens em promoção, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil.

Clique nele e siga as dicas abaixo que você vai economizar muito na compra das passagens aéreas. Só de utilizar ele, você já vai conseguir achar os melhores preços e as melhores opções de passagens.

– Outras opções de transporte:

  • Pegar um trem que vai da estação St. Pancras até a Gare de Lyon, em Paris, em 2h15. O trecho é feito por baixo da água, e as passagens custam cerca de 60 euros, comprados com bastante antecedência (a média é de 140 euros, mas pode ser bem mais).
  • De ônibus, o trajeto é o mesmo que o de carro, mas leva 6h para chegar ao destino. E você precisará pegar o ferry boat – a única vantagem é que você vai por cima do mar e por isso consegue ver a travessia. No entanto, chegando ao Porto de Calais, na França, você teria que pegar outro meio de transporte para ir até Paris.
  • Alugar um carro: sem dúvidas, uma maneira inusitada e possivelmente mais barata. A viagem Londres-Paris dura cerca de de 6h30, mas você pode ir parando para conhecer cidades no caminho. E você tem mais liberdade, além de gastar apenas com pedágio, gasolina e aluguel de carro, que costuma ser super em conta. O bônus é que é super fácil de dirigir nessa rota, que é super sinalizada e tem estradas bem cuidadas! E você também poderá usar esse carro nas viagens Londres-Stonehenge, Londres-Cambridge, Paris-Giverny e Paris-Versalhes.

Carros na Inglaterra

Se quiser já verificar os preços dos alugueis, saiba que existem dois comparadores de preços de aluguel de carros que fazem uma busca por todas as locadoras achando os melhores preços e promoções:

Opção 1: Para ajudar a achar os melhores preços e promoções nas principais locadoras da Europa, existe esse comparador de preços de carros que é incrível e, além de comparar o preço em todas as grandes empresas de aluguel de carro, tem promoções e negociações imbatíveis. Nós sempre utilizamos esse comparador de preços e já chegamos a alugar carros em Paris e Londres por quase 70% do valor que tinham nos passado diretamente na locadora. Descobrimos que, além de pesquisar em todas as empresas, ele é o maior comparador de carros do mundo e por isso tem parcerias e preços imbatíveis com as locadoras.

Opção 2: Existe também esse outro comparador de preços que é bem parecido, tem as mesmas empresas, mas você pode parcelar em até 12 vezes sem juros e não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais. Vale a pena comparar os dois e ver qual tem a melhor oferta.

Aluguel de carros

Roteiro de 15 dias entre Inglaterra e França:

– Dia 1 – Londres

Comece seu primeiro dia em Londres explorando a região de Westminster, que é uma das mais antigas da cidade. Nessa região já dá para conhecer vários pontos turísticos, como o St. James’s Park, o Buckingham Palace, a Abadia de Westminster, o Big Ben e o Parlamento Inglês. Aproveite para tirar muitas fotos e conhecer os detalhes desses lugares históricos! Como a região é bastante turística, você encontrará muitos restaurantes na região, desde os mais finos até às lanchonetes de fast-food famosas, como o próprio McDonalds. Aproveite para almoçar e fazer uma pausa!

Roteiro de 5 dias em Londres - London Eye

Depois do seu almoço, atravesse a ponte sobre o Rio Tâmisa e vá em direção à London Eye, que é a famosa roda-gigante de Londres. Dela, você tem uma vista de quase toda a cidade! É realmente imperdível. O passeio não é tão rápido, pois há toda uma apresentação e uma exibição em um cinema 4D antes de você realmente entrar na roda-gigante. À noite, após o passeio, você ainda pode ir a uma das baladas em Londres, já que a vida noturna na cidade é super animada.

– Dia 2 – Londres

Em seu segundo dia em Londres, conheça a London Tower, local que já foi residência oficial de vários reis e rainhas da Inglaterra. Ela data do ano 1078 e abriga as Jóias da Coroa, além de oferecer uma visita guiada pelos oficiais militares que se aposentaram e guardam a Torre. Quando sair da visita, poderá apreciar e até cruzar a London Bridge, a famosa ponte que abre e fecha para a passagem de embarcações.

Roteiro de 5 dias em Londres - Big Ben

Estando lá, também não deixe de visitar o Shard, o mais alto edifício da Europa! E, se você gostar de arte moderna, visite o Tate Modern de Londres, que é um museu realmente incrível. Se não, siga cruzando a London Bridge e vá em direção à St. Paul Cathedral, uma igreja que foi reconstruída após o Grande Incêndio para ser o centro da Igreja Anglicana. Sua cúpula é uma das maiores do mundo! À noite, você pode jantar em um dos restaurantes mais modernos de Londres, como o Jamie Oliver’s Fifteen, que tem um ambiente “clean” e também funciona como bar.

– Dia 3 – Londres

No terceiro dia do roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e França, conheça o British Museum, que é um museu gratuito e super tradicional na cidade. Quem estiver com crianças ainda pode visitar o Madame Tussauds de Londres e o museu do Sherlock Holmes de Londres, que são mais divertidos, e ainda a famosa estação do Harry Potter, a Plataforma 9 ¾, que fica na estação de trem King’s Cross. Ao lado dessa plataforma há uma lojinha que vende produtos do Harry Potter, e as crianças vão querer comprar tudo!

À noite, não perca a chance de ir para o centro da vida noturna de Londres, a West End. É lá que estão todos os teatros famosos da área. Assista a uma peça por lá – como Le Miserables, Mamma Mia e Fantasma da Ópera -, e tenha uma noite memorável!

– Dia 4 – Londres

Dedique-se neste dia aos museus de Londres, que não são poucos. Vá para a região de Kensington, onde ficam os mais renomeados museus, como o Natural History Museum, que tem aqueles famosos esqueletos de dinossauros e outros artefatos antigos, que remontam a história do mundo.

Há também o famoso museu da ciência (Science Museum) e o belíssimo Victoria & Albert Museum, que também é sobre a arte decorativa inglesa e design. À tarde, dependendo de quanto tempo você dedicou a cada museu, ainda há tempo para passear livremente e curtir o ambiente da cidade – se não estiver cansado!

– Dia 5 – Stonehenge

É hora de fazer uma pequena viagem para Stonehenge, que é um verdadeiro cartão-postal da Inglaterra. Trata-se de uma estrutura formada por círculos de pedras, que chegam a ter 5 metros de altura! Elas datam de até 3100 a.C., e estão preservadas de forma que se tornaram atrativo turístico. Como a viagem de carro dura cerca de 2h, você precisará de um dia inteiro dedicado para esse passeio.

Stonehenge, Inglaterra

No fim do dia, você pode dormir em Londres ou aproveitar para dirigir até Cambridge, que fica a duas horas de Stonehenge, ou a 1h de Londres.

– Dia 6 – Cambridge

Se você tiver optado por dormir em Londres na noite anterior, faça neste dia um bate e volta para Cambridge, que como dissemos, fica a uma hora de carro. Uma vez nessa histórica cidade da Inglaterra, visite o seu principal ponto turístico: a Universidade de Cambridge.

Cambridge, Inglaterra

Lá você encontrará e poderá explorar a famosa Round Church, a Trinity College e Wren Library, os  Colégios St. John e Kings College, a capela da universidade, a Queen’s College e Mathematical Bridge… Se houver tempo, na cidade, ainda vale conhecer a Casa de Charles Darwin, o Castle Mound e a Green Street, antes de retornar a Londres.

– Dia 7 – Oxford

Acorde cedo na capital e dirija para Oxford, que fica a 1h20 de carro. Oxford é uma cidade na qual os pontos turísticos giram em torno de sua universidade, a Universidade de Oxford, que é a mais antiga da Inglaterra e uma das primeiras de Europa. A universidade possui 38 faculdades (colleges), que ficam espalhadas pela cidade e são parte dos pontos turísticos que ela oferece.

Oxford, Inglaterra

Comece o dia conhecendo as principais ”colleges”, como a Christ Church College e a All Souls College. Na primeira, é onde fica o famoso salão que aparece no filme de Harry Potter. Já a segunda, é conhecida por sua arquitetura, além de ter sido fundada por Henrique VI no século XV. Depois, vá até à Radcliffe Camara, uma biblioteca que guarda parte da coleção de livros da Bodleian Library.

A Bodleian Library é a principal biblioteca da Universidade de Oxford e sua coleção ultrapassa os 11 milhões de exemplares. À tarde, você pode visitar o Castelo de Oxford e visitar o Pitt Rivers Museum, dedicado à arqueologia e antropologia.

– Dia 8 – Paris

Dia de acordar e viajar para Paris, independente do meio do transporte. Inicie seu roteiro em Paris explorando a cidade a partir do Arco do Triunfo. Ele é um dos pontos turísticos mais belos da cidade e conta com uma vista de tirar o fôlego de seu topo. Depois, siga pela famosa avenida Champs-Élysées e aproveite para almoçar por lá. Os preços são um pouco elevados, pois é um ponto altamente turístico, mas vale super a pena apostar em dos restaurantes pequenos e charmosos situados no local.

Torre Eiffel, Paris

Após almoçar, continue caminhando pela avenida até chegar à Place de la Concorde, um dos lugares históricos mais conhecidos da França. Ao cruzar a Pont de la Concorde, você poderá apreciar o Rio Sena e relaxar observando os barcos que navegam por ele, e chegar à Torre Eiffel. Veja o entardecer lá do alto da torre e aproveite para apreciar Paris iluminada à noite.

– Dia 9 – Paris

No segundo dia em Paris, acorde cedo e passeie pela Catedral Notre Dame. Em sua lateral há uma área para subir ao observatório, no entanto, são muitos degraus. Por isso esteja preparado! Não deixe de visitar a capela que fica ao lado da catedral. A Sainte-Chapelle foi erguida pelo Luís IX e possui belíssimos vitrais coloridos, é imperdível. Depois, siga caminhando pela Ponte Neuf, a mais antiga de Paris, onde você pode pendurar cadeados, assim como acontecia na Pont des Artes.

Passeio por Paris

Continue caminhando por mais alguns metros até chegar no Museu do Louvre, que é um dos maiores do mundo. Como você vai gastar um bom tempo por lá, dedique uma tarde inteira e aproveite bastante. Ao sair do museu, siga em frente e descanse no Jardin des Tuileries, um dos mais bonitos da França.

– Dia 10 – Paris

No décimo dia de seu roteiro, visite o Palais Garnier e gaste seu tempo observando a belíssima arquitetura e pinturas. O local serviu como inspiração para O Fantasma da Ópera, um dos maiores clássicos franceses. Depois, siga para a Igreja de la Madeleine, que também é imperdível, pois seu altar é considerado um dos mais bonitos de Paris.

Palais Garnier, Paris

À tarde, queime as calorias do almoço subindo a escadaria do Sacre Coeur. A basílica, além de ser linda, fica no ponto mais alto da cidade, em Montmartre. De lá, você pode ter uma das melhores vistas de Paris, principalmente durante o pôr do sol. Uma boa dica é visitar a basílica quando a tarde já estiver chegando ao fim para apreciar esse fenômeno natural.

– Dia 11 – Paris

Neste dia, comece a manhã visitando o Pantheón de Paris. Depois, vá até o Centre Georges Pompidou, onde você poderá apreciar diversas obras de arte contemporânea. Ainda no edifício, suba a escada rolante externa até o último andar, pois a vista de lá é imperdível.

Pompidou, Paris

Depois, pare em um dos melhores restaurantes de Paris para almoçar e siga para o Jardim de Luxemburgo. É lá que fica o Senado e é um ponto ótimo para relaxar e apenas contemplar a paisagem. Quando estiver chegando o fim da tarde, faça um passeio de barco pelo rio Sena, se quiser, procure uma opção com jantar.

– Dia 12 – Chantilly

Chantilly é uma cidade muito interessante perto de Paris, ao norte da França, para você conhecer no 12º dia do roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e França. Ela fica a apenas 40 minutos de carro! Aqui, o grande atrativo é o castelo de Chantilly, da época medieval, que abriga um dos melhores museus da França. A construção é enorme, com uma arquitetura linda e vários cômodos para você explorar durante o seu passeio. Além disso, a cidade é muito charmosa e bastante agradável. Incrível para um bate-volta saindo de Paris.

Chantilly, França

– Dia 13 – Giverny

Neste dia, faça um passeio até a casa de Monet e seus jardins, na região de Giverny. Os franceses e turistas podem descobrir um curioso e belíssimo local: trata-se da casa onde viveu por mais de 40 anos o famoso pintor Monet, incluindo os jardins em que ele costumava pintar. Sinta-se entrando em uma quadro ao visitar esta que é uma das maravilhas da França, na região de Giverny. São diversas obras do artista e áreas verdes belíssimas.

Giverny, França

É um lugar indescritível, muito bonito e com uma atmosfera mágica que irá lhe transportar diretamente para os quadros de Monet. Além disso, uma vantagem é que essa cidade fica a apenas 30 minutos da capital francesa, sendo uma ótima opção para um bate e volta rápido.

– Dia 14 – Versalhes

Em seu 14º dia, visite o incrível Palácio de Versalhes em um bate-volta. Como você já visitou a maior parte dos pontos turísticos, pode ser legal dedicar um dia inteiro ao Palácio, que também é enorme e tem muitas salas para visitar. Ele é um castelo real, considerado um dos maiores do mundo. Infelizmente ele não fica em Paris, e sim na cidade vizinha, Versalhes. Mas o acesso é rápido e fácil!

Versalhes, França

O Palácio de Versalhes é famoso, além de seu imponente edifício, por simbolizar a Monarquia Absoluta, sustentada por Luis XIV. Passeie por suas extensas salas e admire a riqueza do Palácio, como sua sala dos espelhos. Mas não deixe de passear pelo jardim, que é um dos maiores jardins já feitos em Paris e no mundo. Aproveite o dia para conhecer a região de Versalhes que é bem bonita.

– Dia 15 – Paris

No último dia de seu roteiro, visite a Conciergerie, um dos pontos turísticos da cidade que possui um grande papel na história da França, especialmente durante o período da Revolução Francesa. O prédio foi sede do poder real entre os séculos X e XIV e posteriormente transformado em prisão. Ficou ainda mais conhecido depois que Maria Antonieta virou prisioneira no lugar, sendo depois executada.

Conciergerie, Paris

Após a visita, faça uma pausa para o almoço. Uma boa dica é escolher um pequeno restaurante na margem do Sena e apreciar a vista e a gastronomia francesa. Depois, siga para o bairro Belleville. Ele é um pouco distante do centro de Paris, no entanto, é superinteressante e animado. Você pode visitar as galerias de arte do local e depois curtir o fim de tarde em um dos bares e cafés da região.

  • Qual moeda levar? Para a Inglaterra, leve a libra. Para a França, o euro.
  • Covid-19: ambos os países reabriram as fronteiras aos brasileiros vacinados em 2021, portanto, certifique-se de viajar com um certificado das três doses (ou duas, tomadas a menos de 270 dias do embarque).
  • Fronteiras: por se tratarem de países de agrupamentos distintos (Reino Unido e Europa), é preciso passar pela imigração na hora de viajar entre esses dois países.

Onde ficar em cada cidade?

Para não perder tempo procurando onde ficar em cada uma dessas cidades, indicamos abaixo alguns dos lugares que mais gostamos para economizar:

Hotel em Londres

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Uma dica importantíssima é fazer um Seguro Viagem Internacional antes de viajar para Londres, já que ele é obrigatório para viajar para a Europa. Acaba sendo bem mais barato do que as pessoas imaginam, e na nossa matéria de Seguro Viagem para Europa você confere tudo o que precisa saber sobre o assunto: quais são as melhores empresas de seguros e dicas para contratar uma cobertura excelente por um preço baixo, economizando muito.

Como usar o celular à vontade em Londres e Europa?

Poder usar seu celular na viagem é algo extremamente útil e necessário, já que com ele você pode pesquisar sobre pontos turísticos, acessar os aplicativos de cupons de desconto e dos parques, conferir a previsão do tempo e até usar o GPS, economizando o aluguel deste equipamento para o carro.

Além de, claro, estar conectado nas várias redes sociais e WhatsApp! Por isso, selecionamos as melhores dicas de como usar o celular à vontade na Europa, e indicamos a forma mais barata de usá-lo o dia inteiro e em qualquer lugar dos EUA. Com a internet do celular, você consegue pesquisar tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e França.

Usar o celular à vontade em Londres

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Londres

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e França, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Londres é escolher bem a localização do seu hotel. A cidade é enorme e, ficando bem localizado, você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Londres, onde damos dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente!

Londres
Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Londres é preciso comprar os ingressos de cada lugar.

A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Londres todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Veja outras matérias imperdíveis de Londres:

O que fazer em Londres: Principais atrações e lugares de Londres na Inglaterra.
Pontos turísticos em Londres: Dicas dos melhores lugares turísticos da cidade.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *