Inglaterra

Roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e Bélgica

Veja aqui tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias a se fazer na sua viagem por Inglaterra e Bélgica! Listamos as melhores dicas, informações, rotas e guias para uma viagem entre esses dois países:

Mapa Londres-Bruxelas

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em sua viagem para Londres e Inglaterra. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem para a Inglaterra.

Vale a pena viajar entre Inglaterra e Bélgica?

Sim! Não é à toa que muita gente escolhe fazer essa rota quando planeja as férias. Tanto Inglaterra quanto Bélgica são países muito ricos em história, cultura, gastronômia e coisas para fazer!

Por quais cidades passar na viagem?

Na nossa opinião, uma viagem de 15 dias entre Inglaterra e Bélgica não pode deixar de passar por:

  • Londres
  • Região de Stonehenge
  • Cambridge
  • Oxford
  • Manchester
  • Liverpool
  • Bruxelas
  • Bruges

Sim, sabemos que são muitas cidades e que o tempo é curto, mas é possível fazer esse roteiro, se essa for a sua preferência. É o roteiro mais comprido possível, nessa quantidade de dias, e será um pouco corrido, mas valerá a pena.

Praça em Bruxelas, Bélgica

Como ir da Inglaterra para a Bélgica?

É possível ir da Inglaterra para a Bélgica de avião, carro, trem ou até ônibus. Mas considerando a quantidade de dias disponíveis, sem dúvidas, a melhor forma é viajar de avião. Assim você não perde muito tempo e não se cansa tanto nas viagens.

Banner-Gabr

É difícil acompanhar todas as promoções e passagens de todas as companhias aéreas para conseguir comprar a mais barata. Por isso, é importante seguir algumas dicas para achar passagens aéreas baratas. A primeira grande dica é acessar algum comparador de passagens aéreas, que faz uma busca em todas as companhias aéreas. Ele poupa você de ter que entrar em cada companhia e fazer várias buscas diferentes.

Viagem de avião na Inglaterra

Com um comparador de passagem aérea, você coloca a data da sua viagem e ele já mostra todas as opções disponíveis. Nós sempre usamos esse Buscador de passagens em promoção, pois de todos é o que sempre tem os melhores preços e é um dos mais seguros e conhecidos do Brasil. Clique nele para economizar muito na compra das passagens aéreas. Só de utilizá-lo, você já vai conseguir achar os melhores preços e as melhores opções de passagens.

– Outras opções de transporte:

  • Pegar um trem que vai da estação St. Pancras à estação Bruxelles Midi. A viagem é direta e tem uma duração aproximada de 2 horas. A dica é comprar os bilhetes com antecedência para escolher o horário desejado e garantir preços mais baixos. Em segunda classe, a ida costuma sair por 178 € (mas podendo variar de 52 € a 326 €). E também, utilizar esse Pesquisador de trens da Europa. É o maior site de passagens de trem do mundo e ele faz uma pesquisa em todas as melhores empresas de trem da Inglaterra e da Europa e acha as melhores opções.
  • De ônibus, o trajeto é o mesmo que o de carro, mas leva 10h para chegar ao destino. A viagem custa cerca de 60 euros, podendo ser mais ou menos, e vai direto para o destino. Para tal, é preciso pegar o ESB9 na estação Marble Arch com destino à Victoria Coach Station. Descendo nela, você pegará o ônibus de 6h “Frankfurt central train station”, descendo em Lille, na França. De lá, você pega o ônibus Charleroi Airport, e com ele vai de Boulevard de Turins até o aeroporto Charleroi, na Bélgica. Por fim, basta pegar um ônibus geral para o centro da cidade.
  • Alugar um carro: sem dúvidas, uma maneira inusitada e possivelmente mais barata. A viagem Londres-Bruxelas dura cerca de de 4h30, custando cerca de 85 euros, e você pode ir parando para conhecer cidades no caminho. E você tem mais liberdade, além de gastar apenas com pedágio, gasolina e aluguel de carro, que costuma ser super em conta. O bônus é que é super fácil de dirigir nessa rota, que é super sinalizada e tem estradas bem cuidadas!

Bruxelas, Bélgica

Roteiro de 15 dias entre Inglaterra e Bélgica:

– Dia 1 – Londres

Comece seu primeiro dia em Londres explorando a região de Westminster, que é uma das mais antigas da cidade. Nessa região já dá para conhecer vários pontos turísticos, como o St. James’s Park, o Buckingham Palace, a Abadia de Westminster, o Big Ben e o Parlamento Inglês. Aproveite para tirar muitas fotos e conhecer os detalhes desses lugares históricos! Como a região é bastante turística, você encontrará muitos restaurantes na região, desde os mais finos até às lanchonetes de fast-food famosas, como o próprio McDonalds. Aproveite para almoçar e fazer uma pausa!

Roteiro de 5 dias em Londres - London Eye

Depois do seu almoço, atravesse a ponte sobre o Rio Tâmisa e vá em direção à London Eye, que é a famosa roda-gigante de Londres. Dela, você tem uma vista de quase toda a cidade! É realmente imperdível. O passeio não é tão rápido, pois há toda uma apresentação e uma exibição em um cinema 4D antes de você realmente entrar na roda-gigante. À noite, após o passeio, você ainda pode ir a uma das baladas em Londres, já que a vida noturna na cidade é super animada.

– Dia 2 – Londres

Em seu segundo dia em Londres, conheça a London Tower, local que já foi residência oficial de vários reis e rainhas da Inglaterra. Ela data do ano 1078 e abriga as Jóias da Coroa, além de oferecer uma visita guiada pelos oficiais militares que se aposentaram e guardam a Torre. Quando sair da visita, poderá apreciar e até cruzar a London Bridge, a famosa ponte que abre e fecha para a passagem de embarcações.

Roteiro de 5 dias em Londres - Big Ben

Estando lá, também não deixe de visitar o Shard, o mais alto edifício da Europa! E, se você gostar de arte moderna, visite o Tate Modern de Londres, que é um museu realmente incrível. Se não, siga cruzando a London Bridge e vá em direção à St. Paul Cathedral, uma igreja que foi reconstruída após o Grande Incêndio para ser o centro da Igreja Anglicana. Sua cúpula é uma das maiores do mundo! À noite, você pode jantar em um dos restaurantes mais modernos de Londres, como o Jamie Oliver’s Fifteen, que tem um ambiente “clean” e também funciona como bar.

– Dia 3 – Londres

No terceiro dia do roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e Bélgica, conheça o British Museum, que é um museu gratuito e super tradicional na cidade. Quem estiver com crianças ainda pode visitar o Madame Tussauds de Londres e o museu do Sherlock Holmes de Londres, que são mais divertidos, e ainda a famosa estação do Harry Potter, a Plataforma 9 ¾, que fica na estação de trem King’s Cross. Ao lado dessa plataforma há uma lojinha que vende produtos do Harry Potter, e as crianças vão querer comprar tudo!

À noite, não perca a chance de ir para o centro da vida noturna de Londres, a West End. É lá que estão todos os teatros famosos da área. Assista a uma peça por lá – como Le Miserables, Mamma Mia e Fantasma da Ópera -, e tenha uma noite memorável!

– Dia 4 – Londres

Dedique-se neste dia aos museus de Londres, que não são poucos. Vá para a região de Kensington, onde ficam os mais renomeados museus, como o Natural History Museum, que tem aqueles famosos esqueletos de dinossauros e outros artefatos antigos, que remontam a história do mundo.

Há também o famoso museu da ciência (Science Museum) e o belíssimo Victoria & Albert Museum, que também é sobre a arte decorativa inglesa e design. À tarde, dependendo de quanto tempo você dedicou a cada museu, ainda há tempo para passear livremente e curtir o ambiente da cidade – se não estiver cansado!

– Dia 5 – Stonehenge

No quinto dia de seu roteiro, faça uma pequena viagem para Stonehenge, que é um verdadeiro cartão-postal da Inglaterra. Trata-se de uma estrutura formada por círculos de pedras, que chegam a ter 5 metros de altura! Elas datam de até 3100 a.C., e estão preservadas de forma que se tornaram atrativo turístico. Como a viagem de carro dura cerca de 2h, você precisará de um dia inteiro dedicado para esse passeio.

Stonehenge, Inglaterra

No fim do dia, você pode dormir em Londres ou aproveitar para dirigir até Cambridge, que fica a duas horas de Stonehenge, ou a 1h de Londres.

– Dia 6 – Cambridge

Se você tiver optado por dormir em Londres na noite anterior, faça neste sexto dia um bate e volta para Cambridge, que como dissemos, fica a uma hora de carro. Uma vez nessa histórica cidade da Inglaterra, visite o seu principal ponto turístico: a Universidade de Cambridge.

Cambridge, Inglaterra

Lá você encontrará e poderá explorar a famosa Round Church, a Trinity College e Wren Library, os  Colégios St. John e Kings College, a capela da universidade, a Queen’s College e Mathematical Bridge… Se houver tempo, na cidade, ainda vale conhecer a Casa de Charles Darwin, o Castle Mound e a Green Street, antes de retornar a Londres.

– Dia 7 – Oxford

Acorde cedo na capital e dirija para Oxford, que fica a 1h20 de carro. Oxford é uma cidade na qual os pontos turísticos giram em torno de sua universidade, a Universidade de Oxford, que é a mais antiga da Inglaterra e uma das primeiras de Europa. A universidade possui 38 faculdades (colleges), que ficam espalhadas pela cidade e são parte dos pontos turísticos que ela oferece.

Oxford, Inglaterra

Comece o dia conhecendo as principais ”colleges”, como a Christ Church College e a All Souls College. Na primeira, é onde fica o famoso salão que aparece no filme de Harry Potter. Já a segunda, é conhecida por sua arquitetura, além de ter sido fundada por Henrique VI no século XV. Depois, vá até à Radcliffe Camara, uma biblioteca que guarda parte da coleção de livros da Bodleian Library.

A Bodleian Library é a principal biblioteca da Universidade de Oxford e sua coleção ultrapassa os 11 milhões de exemplares. À tarde, você pode visitar o Castelo de Oxford e visitar o Pitt Rivers Museum, dedicado à arqueologia e antropologia. No fim do dia, você pode voltar e dormir em Londres, ou aproveitar para já viajar para Manchester, e dormir nesta cidade.

– Dia 8 – Manchester

No primeiro dia em Manchester, comece por visitar um lugar cheio de cultura, que faz jus à cidade e sua grande mistura cultural: o Lowry, um grande complexo com galerias de arte, pubs, museus e restaurantes. A arquitetura do local já chama bastante a atenção por ser uma estrutura muito moderna revestida de aço e vidro. O complexo fica na região de Salford Quays, e vai tomar quase toda a manhã, então depois de visitá-lo, vá caminhando até o centro.

Lowry em Manchester

O centro de Manchester remete bastante à época Vitoriana, graças a sua arquitetura e construções, que tinham o intuito de mostrar a riqueza e evolução da cidade. Lá você verá como exemplo disso a Biblioteca Central e o edifício da Prefeitura. Almoce pelo centro, pois há vários restaurantes em Manchester e quase todos os mais famosos ficam por lá.

À tarde, visite a Manchester Art Gallery, com diversas obras de artistas do século XII até os tempos modernos. Para acabar o primeiro dia de visita, suba à Roda Gigante de Manchester, que assim como a London Eye, garantem ótimas vistas da cidade.

Biblioteca Central de Manchester

– Dia 9 – Manchester

Comece o dia visitando o famoso estádio Old Trafford e sua região! Lá perto está um museu muito legal chamado Imperial War Museum North, que se divide em cinco partes, mostrando diversas áreas de guerra. Uma delas, bastante interessante, aborda os conflitos modernos e a relação com as pessoas e sociedade.

Museu da Ciência e da Indústria em Manchester

Almoce pela região e, à tarde, vá conhecer as ruínas de um antigo castelo, o Castlefield, que hoje em dia é uma área de conservação e patrimônio urbano do Reino Unido. A visita às ruínas deve ser rápida, até porque não tem muito o que visitar. Então, depois, vá até o famoso Museu da Ciência e da Indústria, pertinho do Castelo. Ele fecha às 17h, então você tem até esse horário para desbravar o incrível museu, que demanda umas 3 horas de visita.

– Dia 10 – Liverpool

Em seu 10º dia de roteiro, vá para Liverpool, a cidade dos Beatles. Comece o dia conhecendo a Catedral de Liverpool, que é a catedral anglicana mais longa do mundo, tendo uma altura de 101 metros e foi classificada como a quinta maior catedral do mundo. Almoce pelo centro e depois vá para a parte portuária, o Albert Dock, um complexo de armazéns em Liverpool.

Albert Dock em Liverpool

Nele há várias atrações que você pode visitar, como o Museu de Liverpool. Um passeio imperdível para quem é fã dos Beatles é ir conhecer o Cavern Pub, lugar onde a banda começou a tocar. Falando em Beatles, aproveite e compre por lá mesmo os ingressos para fazer o Magical Mistery Tour no dia seguinte, que sai de Albert Dock.

– Dia 11 – Liverpool

Se você é fã de futebol, vale a pena ir conhecer o Estádio do Liverpool, o Anfield, em seu segundo dia em Liverpool. E, depois, faça o Magical Mistery Tour, que citamos acima. Com esse tour você vai conhecer outros pontos turísticos da cidade, como a Casa dos Beatles, Penny Lane e o orfanato Strawberry Field, tudo voltado à vida dos integrantes da banda. Para finalizar o dia, volte ao Albert Dock e aproveite para visitar a Beatles Story e o Museu Marítimo de Merseyside.

Magical Mistery Tour em Liverpool

– Dia 12 – Bruxelas

Em seu 12º dia, você viajará para Bruxelas, na Bélgica. A cidade é um poço de cultura e abriga pessoas de todas as partes do mundo, sendo uma das metrópoles mais internacionais do continente! No primeiro dia na cidade, a dica é conhecer o centro histórico: comece pela Grand Place, que é a principal praça da cidade e onde quase tudo acontece. Ali fica o Manneken Pis, uma estátua de um menino fazendo xixi que, apesar de pequena, sempre atrai muito os turistas.

 Galeries Royales, Bruxelas

Depois, vá até as famosas Galeries Royales, por onde costumava passear Karl Marx. Você pode almoçar por lá mesmo e aproveitar para experimentar os deliciosos chocolates que se vendem nas lojas mais típicas da região. À tarde, visite a Catedral de St. Miguel e Gudule, de estilo gótico. Termine o passeio conhecendo o Palácio Real de Bruxelas, onde são tomadas as principais decisões reais e onde ocorrem reuniões e eventos mais formais. À noite, escolha um dos magníficos restaurantes de Bruxelas e experimente os pratos mais típicos da culinária belga.

– Dia 13 – Bruxelas

No segundo dia em Bruxelas, o passeio acontece um pouquinho mais afastado do centro. Vá até o Atomium, uma estrutura de ferro modernista em Bruxelas, e suba até o último andar para admirar a vista da cidade. Se estiver com crianças, vale visitar o Mini-Europe, um parque temático muito legal e que fica do lado do Atomium.

Mini-Europe, parque temático em Bruxelas

Depois do almoço, continue sua visita e conheça outra atração incrível e que as crianças adoram, o Centre Belge de la Bande Desinée, que nada mais é do que um museu fantástico que conta todo o processo de produção de histórias em quadrinhos. Se quiser fazer compras em Bruxelas, aproveite e passeie pela Rue Neue, que também fica por ali. Para finalizar, conheça o Delirium Café, que é um dos bares de Bruxelas mais legais e onde você pode experimentar uma quantidade incrível e variada de cervejas.

– Dia 14 – Bruges

A cidade de Bruges fica perto da capital, a uma hora de carro, e é uma das cidades mais românticas do país. Ela teve o centro histórico declarado como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Uma das vantagens é que a cidade é tão pequena que em um dia você conhece e percorre ela inteira e tudo isso a pé, até porque o centro histórico e turístico é fechado para carros. Por isso, seu nono dia será um bate e volta para Bruges!

Bruges

Uma vez lá, explore o centro histórico com tudo o que a cidade tem a oferecer. Visite o museu Bruges Historium, que remete à época medieval; o Grote Markt, na praça com barraquinhas de comidas e produtos; o Campanário de Belford, uma torre que começou a ser erguida em 1282 com mais de 300 degraus, e a Basília do Sangue Sagrado. Também vale passar pela Rua Steenstraat, com suas tradicionais lojas de chocolate, a Ponte de São Bonifácio (a mais antiga de Bruges e que rende boas fotos) e fazer um passeio de barco pelos canais.

– Dia 15 – Bruxelas

Comece o último dia do roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e Bélgica visitando alguns museus. Vá até à Place Royale, onde ficam os Museus Reais de Belas Artes da cidade. Nele, há vários quadros de artistas com fama mundial, como Magritt. Também lá fica o Museu dos Instrumentos de Musica, com um restaurante excelente onde você já pode aproveitar para almoçar.

Museus Reais de Belas Artes em Bruxelas

Há muitos mais museus em Bruxelas, mas esses são sem dúvida os mais indicados por sua originalidade e grande acervo. À tarde, se houver tempo, vá até à Place du Grand Sablon, onde fica a Igreja de Nossa Senhora do Sablon. Para finalizar, não se esqueça de que Bruxelas é a capital da União Europeia e sede dos principais prédios oficiais – então aproveite e visite o Parlamento Europeu!

  • Qual moeda levar? Para a Inglaterra, você usará a libra como moeda. Para a Bélgica, a moeda é o euro. Portanto, leve as duas.
  • Covid-19: ambos os países reabriram as fronteiras aos brasileiros vacinados em 2021, portanto, certifique-se de viajar com um certificado das três doses (ou duas, tomadas a menos de 270 dias do embarque).
  • Fronteiras: por se tratarem de países do Reino Unido, não é preciso passar pela imigração na hora de viajar entre esses dois países.

Onde ficar em cada cidade?

Para não perder tempo procurando onde ficar em cada uma dessas cidades, indicamos abaixo alguns dos lugares que mais gostamos para economizar:

Hotel em Londres

Não esqueça o seguro viagem obrigatório para Europa

Uma dica importantíssima é fazer um Seguro Viagem Internacional antes de viajar para Londres, já que ele é obrigatório para viajar para a Europa. Acaba sendo bem mais barato do que as pessoas imaginam, e na nossa matéria de Seguro Viagem para Europa você confere tudo o que precisa saber sobre o assunto: quais são as melhores empresas de seguros e dicas para contratar uma cobertura excelente por um preço baixo, economizando muito.

Como usar o celular à vontade em Londres e Europa?

Poder usar seu celular na viagem é algo extremamente útil e necessário, já que com ele você pode pesquisar sobre pontos turísticos, acessar os aplicativos de cupons de desconto e dos parques, conferir a previsão do tempo e até usar o GPS, economizando o aluguel deste equipamento para o carro.

Além de, claro, estar conectado nas várias redes sociais e WhatsApp! Por isso, selecionamos as melhores dicas de como usar o celular à vontade na Europa, e indicamos a forma mais barata de usá-lo o dia inteiro e em qualquer lugar dos EUA. Com a internet do celular, você consegue pesquisar tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e Bélgica.

Usar o celular à vontade em Londres

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Londres

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro ideal de 15 dias por Inglaterra e Bélgica, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Londres é escolher bem a localização do seu hotel. A cidade é enorme e, ficando bem localizado, você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Londres, onde damos dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente!

Londres
Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Londres é preciso comprar os ingressos de cada lugar.

A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Londres todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

Veja outras matérias imperdíveis de Londres:

O que fazer em Londres: Principais atrações e lugares de Londres na Inglaterra.
Pontos turísticos em Londres: Dicas dos melhores lugares turísticos da cidade.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *