Londres

O que não fazer em Londres

Veja aqui o que não fazer em Londres. É comum que os brasileiros e turistas de outras nacionalidades viajem para a Inglaterra e sigam seus instintos, agindo como estão acostumados a agir normalmente no seu país de origem. Porém, vamos indicar aqui algumas coisas que os turistas não devem fazer quando estiverem em Londres, para conseguirem aproveitar mais a viagem. Confira:

Bairro Soho em Londres

E depois não deixe de ver a matéria de como economizar muito em sua viagem para Londres e Inglaterra. É a matéria mais acessada do blog e vai te ajudar muito com todo o planejamento da viagem. São várias dicas imperdíveis que vão fazer você economizar MUITO (muito mesmo) e montar toda a sua viagem para a Inglaterra.

1. Não desobedeça regras básicas

De modo geral, algumas dicas rápidas podem ajudá-lo na convivência do dia a dia na cidade:

  • Não fale alto ou coloque música alta em espaços públicos
  • Nas escadas rolantes, deixe sempre o lado esquerdo livre
  • Nunca fure fila
  • Seja sempre pontual – a pontualidade é um aspecto marcante dos ingleses!

Sinal de metrô em Londres

2. Não se hospede em zonas muito afastadas

Uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Londres é escolher bem a localização do seu hotel. A cidade é enorme e, ficando bem localizado, você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Evite ao máximo reservar seu hotel nas zonas 5 e 6 de Londres, pois você estará a uma hora de distância do centro e dos principais pontos turísticos! Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Londres, onde damos dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço bom.

Hotel em região central em Londres

3. Não deixe de passar em um supermercado

Passe pelo menos uma vez em um supermercado de Londres durante a sua viagem. Lá você encontrará muitos sanduíches grandes e completos, pratos feitos e embalados, frutas e bebidas que você pode consumir ao longo da viagem e economizar bastante, já que os restaurantes e lanchonetes em Londres são caros. Os principais mercados da cidade são o M&S, Tesco e Pret A Manger.

Banner-Gabr

Supermercado em Londres

4. Não use o transporte público sem o Oyster

É claro que o transporte público pode ser um bom aliado da sua viagem, mas se planejando você consegue economizar ainda mais! Se você não vai alugar um carro, compre um bilhete que sirva para vários dias, ao invés de comprar tickets em dias isolados. Sai muito mais barato, e acaba sendo muito mais prático! O Oyster Card, neste caso, é a melhor solução. É um cartão utilizável em metrô, ônibus e overground (trem) que custa 5 libras, mas que te faz economizar o dobro e recuperar o dinheiro gasto nele.

Oyster Card em Londres

Para se ter uma ideia, um ticket único para andar pelas zonas 1 e 2 de Londres custa 4,90 libras normalmente, mas no Oyster Card ele sai por 2,90. Portanto, se você usar o metrô com o cartão Oyster 3 vezes, já vai ter recuperado o dinheiro pago nele e ainda ter economizado 1 libra. A economia é certa!

5. Não deixe para comprar os ingressos lá na hora

Não deixe para comprar seus ingressos quando já estiver em Londres. Existe uma grande chance dos ingressos já estarem esgotados para o dia, ou que só tenham disponibilidade para horários/lugares ruins. Nós mesmos já perdemos uma visita a museu por não termos comprado o ingresso antecipadamente. Além de que você perde um tempo precioso de viagem esperando em filas de bilheterias. Por isso, compre seu ingresso antes, online.

Museu de História Natural em Londres

A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Londres todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço.

6. Planeje seus passeios considerando o clima

Londres é uma cidade onde o clima varia muito! Portanto, você pode até planejar um roteiro básico de viagem, mas tenha certeza de que ele é flexível e aproveite os dias sem chuva para fazer passeios ao ar livre, como aos parques e pelo rio Tâmisa. Reserve os dias de chuva ou mais nublados para os museus.

Inverno em Londres

7. Não esqueça de ter um chip para usar a internet em Londres

Sim, você precisará ter internet em diversas ocasiões diferentes – algumas das quais você nem imagina – todos os dias em Londres. Poder usar seu celular na viagem é algo extremamente útil e necessário, já que com ele você pode pesquisar sobre pontos turísticos, conferir a previsão do tempo e até usar o GPS para se localizar e acessar farmácias, mercados e atrações.

Além de, claro, estar conectado nas várias redes sociais e WhatsApp! Por isso, selecionamos as melhores dicas de como usar o celular à vontade na Europa, e indicamos a forma mais barata de usá-lo o dia inteiro e em qualquer lugar dos EUA.

Usar o celular à vontade em Londres

8. Nunca viaje sem um seguro viagem

O Seguro Viagem Internacional é obrigatório para entrar em Londres ou qualquer lugar do Reino Unido e Europa. Esta será a sua segurança de ter assistência médica, odontológica, cobertura por extravio de malas e mais dezenas de coberturas importantes. Se quiser, veja nossas dicas de Seguro Viagem para Europa por um bom preço. Só preste atenção em um item: para entrar na Europa, você é obrigado a ter um Seguro Viagem com cobertura mínima de 30 mil euros em assistência médica. Então escolha o seu seguro levando essa regra em consideração.

Seguro viagem para Londres

Veja outras matérias imperdíveis de Londres:

O que fazer em Londres: Principais atrações e lugares de Londres na Inglaterra.
Pontos turísticos em Londres: Dicas dos melhores lugares turísticos da cidade.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *