Londres

Curiosidades e histórias de alguns dos principais hotéis de Londres

Quando o assunto é hotel, poucas cidades no mundo conseguem superar a estrutura de Londres. A capital britânica conta com mais de 1.500 hotéis disponíveis e na última década a cidade passou por uma ascensão gigantesca em termos estruturais. Em 2010, por exemplo, eram 3.222 quartos e esse número saltou para 7.995 no início deste ano. A altíssima capacidade da rede hoteleira tem como principal destaque os tradicionais e luxuosos hotéis de Londres. Portanto, para ilustrar um pouco mais a estrutura hoteleira da capital britânica, voltamos um pouco ao passado e contamos as histórias e curiosidades por trás de alguns dos hotéis mais importantes da cidade.

Hotel Brown em Londres

The Ritz

Fundado há mais de 100 anos, o The Ritz é um hotel de cinco estrelas localizado na Piccadilly. Símbolo de luxo e elegância, ele é sem dúvida um dos estabelecimentos mais bem-conceituados do mundo. Com 111 quartos e 23 suítes, o The Ritz London não é um hotel estatisticamente grande, mas sua importância para a rede hoteleira britânica se faz presente por diversos aspectos — como a enorme tradição, o luxo inerente em cada detalhe do estabelecimento e seus três restaurantes mundialmente famosos. O hotel impressiona os hóspedes logo no saguão, pois nele é possível sentir todo glamour com a sua decoração fina e clássica. A Palm Court, uma das salas mais conhecidas de toda Inglaterra, é baseada em aspectos do Palácio de Versalhes em um ambiente singular com teto ilustrado, colunas de mármores e lustres de primeira linha.

Hotel The Ritz em Londres

Ao longo do tempo, visitas ilustres marcaram presença com frequência na Palm Court, como Judy Garland, Evelyn Waugh, Sir Winston Churchill e até mesmo a Rainha Elizabeth. Também é nessa sala que é servido o famoso “Chá da Tarde do Ritz”, algo que tanto marca a gastronomia do local como uma das melhores casas de chá de Londres. Com tanta tradição e luxo intrínsecos na história do hotel, uma noite no The Ritz é uma volta ao passado e um convite fantástico para entrar em contato direto com elementos essenciais da cultura gastronômica e arquitetônica britânica.

Park Lane Hilton

Se o The Ritz preza por uma arquitetura clássica e com elementos que remetem a realeza, o Park Lane Hilton tem um propósito estrutural diferente. Com detalhes modernizados e iluminação contemporânea, este estabelecimento é um dos mais multiculturais e extravagantes da capital britânica. Fundado em 1963, sob o projeto arquitetônico de William B. Tabler, um arquiteto reconhecido mundialmente por ter realizado diversos projetos hoteleiros, o Park Lane Hilton é cinco estrelas e conta com 453 quartos e 56 suítes. Por ser um hotel frequentado pela alta sociedade britânica, o Park Lane Hilton tem um histórico impressionante de grandes eventos sediados por lá que atestam a excelente estrutura do lugar. No ano passado, por exemplo, o local foi sede do torneio de poker Triton Series London, competição voltada para a mais alta elite da modalidadeTambém em 2019, o Park Lane Hilton recebeu centenas de convidados para o The TV Choice Awards, cerimônia de premiação que reuniu a nata da televisão britânica.

Hotel Park Lane Hilton

Mandarin Oriental Hyde Park

Com um aspecto vitoriano, se hospedar no cinco estrelas Mandarin Oriental Hyde Park é uma volta ao passado. Inaugurado em 1902, o estabelecimento passou por grandes renovações em 2000 e 2018. O site britânico Telegraph classifica o Mandarim Oriental Hyde Park como um dos mais qualificados e confortáveis hotéis do país. “Este hotel tem alguns dos melhores chefes do mundo, como por exemplo Heston Blumenthal e Daniel Boulud”, completa a crítica do site. Uma curiosidade interessante é o fato de que o hotel foi durante muito tempo um dos locais favoritos da Família Real Britânica. O estabelecimento era tão frequentado pelos membros da realeza que, nos 1930, a Rainha Elizabeth e a Princesa Margaret aprenderam a dançar no salão principal do Mandarin Oriental Hyde. Com instalações ultramodernas, o Mandarin Oriental Hyde consegue manter um equilíbrio entre tradição e modernidade que torna o hotel tão eclético para os seus hóspedes.

Mandarin Oriental Hyde Park

Brown’s

Em relevância histórica, poucos hotéis no mundo contam com a importância do Brown’s. Afinal, este estabelecimento cinco estrelas foi inaugurado em 1837 e por lá foi realizada a primeira ligação telefônica na Europa — feita pelo icônico Alexander Graham Bell. Um detalhe curioso é que este mesmo telefone pode ser visto em um dos salões do hotel. Assim como o The Ritz, o Brown’s é há tempos uma segunda casa de diversas personalidades marcantes e membros de realezas do mundo todo. Entre os nomes que já se hospedaram no hotel, destacam-se: Arthur Conan Doyle, Oscar Wilde, Theodore Roosevelt, Stephen King e vários outros. Por ser um hotel tão antigo e com conceitos de dois séculos atrás, o Brown’s não é dos maiores quando o assunto é número de quartos ou instalações de lazer — são 115 quartos, 33 suítes e dois restaurantes. Vale mencionar que o Brown’s, apesar de manter o seu estilo original, também se adequou parcialmente aos tempos modernos. Nos últimos 20 anos, o hotel passou por algumas reformulações de design interior e os novos donos adotaram um toque bem contemporâneo nas peças de decoração.

Brown’s em Londres

Claridge’s

Também cinco estrelas, o Claridge’s é ainda mais antigo do que o Brown’s e foi inaugurado em 1812. Local muito frequentado pela Família Real Britânica, ele é normalmente conhecido como o “Quintal do Palácio de Buckingham.” Com tanto tempo de funcionamento, o Claridge’s já passou por várias reestruturações e sua versão atual tem muitas referências da primeira grande reforma do estabelecimento, que ocorreu em 1897. Personalidades como Alfred Hitchcock, Mick Jagger, Bono Vox e Audrey Hepburn já marcaram presença no Claridge’s. Além disso, marcas mundialmente conhecidas de diversos setores frequentemente estão associadas ao hotel — em 2013, a empresa italiana Dolce & Gabbana construiu uma imensa e bela árvore de Natal logo no saguão para celebrar a data. Como não poderia ser diferente por se tratar de um hotel tão tradicional e icônico, o Claridge’s dispõe do clássico “chá da tarde” para os seus hóspedes.

Claridge's em Londres

Veja outras matérias imperdíveis de Londres:

O que fazer em Londres: Principais atrações e lugares de Londres na Inglaterra.
Pontos turísticos em Londres: Dicas dos melhores lugares turísticos da cidade.
Dicas para andar de trem na Europa: Melhores empresas, trajetos, onde comprar passagens super baratas e todas as dicas.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *